Paciente em surto arranca soro do braço e deixa UPA ensanguentada

Caso foi registrado na Depac Centro como constrangimento ilegal e desacato

Uma mulher de 55 anos de idade, que terá a identificação preservada pela reportagem, derramou sangue na Upa (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Coronel Antonino, em Campo Grande, durante um surto nesta segunda-feira (27). O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

De acordo com as informações do boletim de ocorrência, a funcionária do posto relatou que estava de plantão e a paciente de 55 anos recebendo atendimento médico na unidade. A funcionária passou a relatar o caso da mulher aos auxiliares de enfermagem para saberem qual medida seria adotada para a paciente.

No entanto, a paciente não gostou da atitude da funcionária e passou a xingá-la de ‘idiota, desocupada e antiética’. Depois, a mulher surtou, serrou os punhos e tentou agredir a funcionária. A paciente foi contida por pessoas que estavam na unidade, mas depois arrancou o soro do braço e passou a derramar sangue pela unidade de saúde. O caso foi registrado na Depac Centro como constrangimento ilegal e desacato.

Mais notícias