Polícia Civil fecha lava-jato de fachada que disfarçava ponto de venda de cocaína no centro

Um garoto de 16 anos foi apreendido no local quando fazia a venda da droga

Uma operação da Polícia Civil em conjunto com a Polícia Militar acabou fechando um lava-jato, na região central de Campo Grande, na rua Barão do Rio Branco, região da antiga rodoviária, que funcionava de fachada para a venda de cocaína, na noite desta terça-feira (5). Cinco pessoas foram presas e um adolescente de 16 anos foi apreendido.

Equipes da 1º Delegacia de Polícia Civil junto do 1º Batalhão de Polícia Militar cumpriram mandados no local. Quando chegaram no lava-jato flagraram o garoto na frente fazendo a comercialização de uma paradinha de cocaína para uma usuária, que havia trocado um shampoo pela droga. Ainda na frente do lava-jato estava um carro Chevrolet Onix, com um casal que estava com paradinhas de droga, além de R$ 2.305 da venda de cocaína.

Já dentro da asa que ficava aos fundos do lava-jato, o dono ainda tentou se desfazer de uma sacola que estava com drogas. Com o casal que estava no veículo, os policiais ainda encontraram um caderno com anotações de alugueis de carros. O casal fazia as entregas de forma ‘atacadista’, enquanto o adolescente fazia a venda na porta do lava-jato para os usuários da região.

Na casa ainda foram encontrados vários objetos de furtos ou roubos, que teriam sido trocados por drogas, como várias peças de roupas, televisões e celulares. Todos foram levados para a delegacia.

Polícia Civil fecha lava-jato de fachada que disfarçava ponto de venda de cocaína no centro
Mais notícias