‘Nego Charias’ que levou R$ 1 milhão em assalto a banco de MS é preso em São Paulo

Também teria participado da tentativa de roubo a outra agência do Banco do Brasil, em dezembro de 2019

Foi preso em uma megaoperação da de São Paulo, Leandro Charias da Silva, de 45 anos, conhecido como ‘Nego Charias’. Ele foi um dos responsáveis pelo assalto a uma agência do com a 13 de maio, em 2016, em Campo Grande.

‘Nego Charias’ participou deste assalto a agência do , que fica na Avenida Afonso Pena, junto de mais um comparsa. Eles levaram do banco cerca de R$ 1 milhão. Os dois criminosos entraram na agência se passando por funcionários usando crachás indo até o cofre de onde levaram o dinheiro.

Ele também é apontado como um dos participantes da tentativa de assalto a outra agência do , no Monte Castelo. Um túnel de mais de 63 metros foi cavado até a agência de onde a quadrilha pretendia roubar o dinheiro do cofre. Sete pessoas acabaram presas na época, por policiais do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco e ), que descobriram o plano.

Leandro estava sendo procurado há mais de cinco anos e integrava a lista dos mais procurados do país. Uma tentativa de prisão do PM excluído da corporação paulista foi feita em setembro de 2015, mas ‘Nego Charias’ conseguiu fugir.

Uma megaoperação foi montada e ele acabou preso nesta semana por policiais civis doestado de São Paulo, que cercaram a casa na zona sul onde ele estava sem dar chances de fuga.

 

(Com informações R7)

‘Nego Charias’ que levou R$ 1 milhão em assalto a banco de MS é preso em São Paulo
Mais notícias