Narcotraficante apontado como fornecedor de cocaína ao CV é extraditado ao Brasil

O narcotraficante Néstor Báez Alvarenga, 59, que, segundo a Polícia Nacional, tem ligação com o traficante brasileiro Fernandinho Beira Mar, foi extraditado para o Brasil nesta quinta-feira (19). Ele foi entregue às autoridades brasileiras na Ponte da Amizade, que fica entre a cidade paraguaia Ciudad del Este e Foz do Iguaçu (PR).

Néstor foi preso em 2018, após estar sete anos como foragido. Na época, ele foi preso com documentos falsos em seu hotel de luxo em Assunção no . O mandado de prisão foi expedido pela justiça brasileira após três pedidos de extradição do Brasil por tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

Segundo a Justiça brasileira, Néstor enviou uma carga de 1.748 quilos de cocaína que foi aprendida no Brasil, que estaria vinculada com o . Após a apreensão, foi solicitada a captura internacional dele. Posteriormente ele então se refugiou na , Ciudad del Este, e Assunção.

Narcotraficante apontado como fornecedor de cocaína ao CV é extraditado ao Brasil
Mais notícias