‘Não consigo mais sair sozinha para nada’, diz jovem agredida em roubo no Tijuca

Jovem foi vítima de roubo na última quarta-feira

“Não consigo mais sair sozinha para nada”, diz uma jovem atendente de 23 anos, vítima de roubo durante a manhã da última quarta-feira (14) no Jardim Tijuca em Campo Grande. Ela transitava de bicicleta pelo local, quando foi abordada por dois ladrões que estavam em uma moto Honda Biz.

‘Não consigo mais sair sozinha para nada’, diz jovem agredida em roubo no Tijuca
Autores do roubo que aparecem em câmeras de segurança (Reprodução)

Em seu dia de folga, a vítima seguia para pagar uma conta, quando os dois disseram que se tratava de um roubo. Eles levaram a bolsa dela com celular, dinheiro e documentos. Após pegar os pertences da jovem, os bandidos chutaram a bicicleta, momento em que ela caiu ao solo e sofreu vários ferimentos. “Melhorando, preciso trabalhar”, diz a vítima a respeito de seu estado emocional e físico, quase uma semana após o ocorrido. Ela teve que ir ao IMOL (Instituto Médico Odontológico Legal), para fazer exames a respeito dos ferimentos sofridos.

Câmeras de segurança filmaram a ação e as imagens já estão com a polícia. Ninguém foi preso até o momento. “Eu aconselho a evitarem o máximo de andarem sozinhas. Porque a situação de estar vulnerável por ser mulher e o medo de ser agredida é tão grande que a gente fica pensando o que pode acontecer. Sempre que sair de casa avisa aonde vai, O que vai fazer, evitar ruas vazias e mortas. E assim que acontecer algo ir a uma delegacia fazer o boletim de ocorrência”, diz a jovem.

Ação de ladrões também no Tijuca.

Um sargento da Polícia Militar lotado no BOPE (Batalhão de Operações Especiais) prendeu um ladrão de 32 anos que estava armado e em luta corporal com dois rapazes na noite deste domingo (18), na rua Mona Lisa no Jardim Tijuca em Campo Grande.

O policial militar lembra que estava em sua residência, de folga, momento em que um vizinho pediu por socorro e disse que ocorria uma tentativa de roubo nas proximidades naquele exato momento. O PM então foi ao local, e encontrou dois jovens, um de 23 e outro de 21 anos, em luta corporal com o autor de 32 anos armado.

Ainda segundo o policial, foi necessário o uso de força física para conter o autor que estava em luta corporal contra as vítimas e tentava fugir a todo instante. Um outro autor que estava com um capacete na mão, fugiu do local antes da chegada do policial.

Antes da chegada do sargento, os dois invadiram a casa das vítimas que faziam uma confraternização. No local havia os dois rapazes, duas jovens e uma criança. As vítimas chegaram a serem mantidas como reféns em um quarto da casa, antes das duas vítimas reagirem ao assalto. Logo depois, o comparsa do ladrão que foi preso, fugiu e tentou levar uma moto que estava na casa.

‘Não consigo mais sair sozinha para nada’, diz jovem agredida em roubo no Tijuca
Mais notícias