Músico, caminhoneiro e autônomo estão entre os presos em operação contra pornografia infantil

Quatro pessoas foram presas durante a operação deflagrada na manhã desta quarta-feira (12)

Foram presas quatro pessoas na manhã desta quarta-feira (12), na deflagração da segunda fase da operação Deep Caught que cumpriu mandados em Campo Grande, Nova Andradina, Dourados e Caarapó. Foram cumpridos seis mandados em cinco cidades do Estado.

Em Campo Grande, um professor e músico de 38 anos encontrado no bairro Ana Maria do Couto e um autônomo de 29 anos que foi preso no bairro Carandá Bosque. Um deles estava com drogas. Com eles foi encontrado material com conteúdo pornográfico infantil. Em Dourados, um homem acusado de estupro de acabou preso durante a operação, já que ele tinha um mandado em aberto.

Na cidade de Nova Andradina, a polícia prendeu um caminhoneiro de 46 anos e em Caarapó um mandado também foi cumprido. Três dos presos confessaram os crimes. Um dos presos disse que não sabia o que estava procurando e acabou baixando material pornográfico. Ainda não se sabe quanto de material pornográfico com crianças e adolescentes foi apreendido pela polícia, que ainda procura por um alvo e para não atrapalhar o nome da quinta cidade não foi divulgado.

Músico, caminhoneiro e autônomo estão entre os presos em operação contra pornografia infantil
Delegada Marília de Brito

A delegada Marília de Brito fez um alerta “ Dois alertas a gente têm que fazer: relação de confiança entre pais e filhos tem que ter como porto seguros os pais, atentos a reações físicas e emocionais nas crianças que podem indicar que a criança esteja sofrendo algum tipo de violência ainda pela internet”. Ela ainda disse que os pais devem acompanhar os filhos, colocar filtros necessários, orientar em relação aos riscos com a tecnologia.

Na primeira fase em maio deste ano, foram cumpridos mandados em 4 cidades do Estado, Campo Grande, Jardim, Cassilândia e Bonito.

Deep Caught

O nome da operação se refere ao trabalho investigativo da Polícia Civil, no ambiente da deep weeb, com a consequente localização e captura dos autores dos crimes, praticados contra crianças e adolescentes.

Músico, caminhoneiro e autônomo estão entre os presos em operação contra pornografia infantil
Mais notícias