Mulher vê filha sendo estuprada pelo avô depois de já ter sido vítima dele quando criança

Ele foi preso em flagrante após a mulher denunciar o caso

Um homem de 52 anos foi preso na quinta-feira (2), acusado de estuprar a neta de 6 anos, filha da enteada, em casa no Jardim Monumento. Ele é casado com a avó da vítima há 24 anos e já teria estuprado também a enteada, quando ela tinha entre 7 a 8 anos.

Conforme apurado pelo Jornal Midiamax, a mulher de 23 anos recebeu na casa dela o padrasto e a mãe, já que eles estariam com obras em casa. Há aproximadamente dois meses todos estão morando juntos e, na manhã de quinta-feira, a mãe flagrou a menina de 6 anos sendo vítima do padrasto.

Segundo ela, ao entrar na cozinha ela viu a menina sentada à mesa e o homem passando a mão no órgão genital da criança, sobre a calcinha. Ela procurou a Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) e denunciou o homem, que foi preso em flagrante.

Na delegacia, foi descoberto que a mulher também já tinha sido vítima do padrasto quando era criança. A menina de 6 anos foi ouvida em depoimento especial, com acompanhamento psicológico, e contou que o estupro já tinha acontecido outras vezes e que há 7 meses tinha denunciado os fatos para a mãe e para a avó.

Elas chegaram a falar com o homem, mas não o denunciaram alegando que não tinham provas suficientes do caso, mesmo a mãe da criança também já tendo sido vítima dele. O homem foi preso por estupro de vulnerável e o juiz determinou a prisão preventiva do acusado, que deve ser encaminhado ao presídio.

Mulher vê filha sendo estuprada pelo avô depois de já ter sido vítima dele quando criança
Mais notícias