Polícia

Mulher teve 75% do corpo queimado e respira com ajuda de aparelhos

A mulher de 35 anos que foi queimada com álcool pelo marido na madrugada de sábado (09), em Anastácio, a 134 quilômetros de Campo Grande, está internada em estado grave na Santa Casa, respirando com ajuda de aparelhos. O homem foi preso logo após o crime pela Polícia Militar, foi encaminhado à Polícia Civil e […]

Renan Nucci Publicado em 11/05/2020, às 13h28

Santa Casa de Campo Grande. (Arquivo Midiamax)
Santa Casa de Campo Grande. (Arquivo Midiamax) - Santa Casa de Campo Grande. (Arquivo Midiamax)

A mulher de 35 anos que foi queimada com álcool pelo marido na madrugada de sábado (09), em Anastácio, a 134 quilômetros de Campo Grande, está internada em estado grave na Santa Casa, respirando com ajuda de aparelhos. O homem foi preso logo após o crime pela Polícia Militar, foi encaminhado à Polícia Civil e responde por tentativa de feminicídio.

De acordo com o hospital, ela deu entrada na unidade às 08h40, após ter sido socorrida pelo Corpo de Bombeiros e transferida, com 75% do corpo queimado. Ela teve queimadura de terceiro grau na barriga e peito, queimadura de terceiro grau com áreas de segundo grau profundo nas costas, queimadura de terceiro grau com áreas de segundo grau profundo por todos os braços, queimadura de segundo grau no rosto e queimadura de segundo grau profundo nas coxas.

Ela está na área vermelha do Pronto-Socorro, internada pela especialidade de cirurgia plástica, em acompanhamento com a especialidade de nefrologia. Ela está sedada e intubada sob ventilação mecânica (máquinas acopladas para promover a respiração), aguardando estabilização clínica para transferência ao leito de UTI.

A mulher foi atacada pelo marido durante uma briga. Enquanto era socorrida pelos bombeiros, disse que por ciúmes, o homem jogou álcool nela e ateou fogo. As chamas se espalharam pela casa e destruíram dois quartos, mas foram contidas pelos vizinhos que usaram baldes e mangueiras. Ela foi imobilizada, levada para o hospital da cidade e depois transferida.

Jornal Midiamax