Polícia

Mulher que teve mais de 70% do corpo queimado pelo marido morre na Santa Casa

Celeide da Silva V. de Souza, 35, que teve mais de 70% do corpo queimado pelo marido morreu na Santa Casa de Campo Grande, no final da tarde desta segunda-feira (11). O casal era morador da cidade de Anastácio, a 134 quilômetros de Capital. O caso aconteceu na madrugada do último sábado (09), na casa […]

Diego Alves Publicado em 11/05/2020, às 22h53 - Atualizado às 22h56

Santa Casa de Campo Grande. (Arquivo Midiamax)
Santa Casa de Campo Grande. (Arquivo Midiamax) - Santa Casa de Campo Grande. (Arquivo Midiamax)

Celeide da Silva V. de Souza, 35, que teve mais de 70% do corpo queimado pelo marido morreu na Santa Casa de Campo Grande, no final da tarde desta segunda-feira (11). O casal era morador da cidade de Anastácio, a 134 quilômetros de Capital.

O caso aconteceu na madrugada do último sábado (09), na casa do casal no Bairro Cristo Rei. Marido de Celeide, Marcelo Adriano Jeronymo Rocha, 34, já teve sua prisão preventiva decretada e foi levado ao presídio de Aquidauana.

De acordo com o hospital, desde sua chegada no hospital ela permaneceu muito instável, por conta das lesões ocasionadas pelas queimaduras, o que a impediu de evoluir no tratamento. Após duas cardiorrespiratória, Celeide veio a óbito às 17h25 desta segunda.

A prisão de Marcelo aconteceu por volta das 7 horas do sábado, depois do Corpo de Bombeiros e a polícia serem chamados ao local para um incêndio em residência. No local, os militares foram informados que a vítima, que estava na residência já havia sido levada para o hospital.

Em conversa com Marcelo, ele disse aos policiais que bebeu com a esposa durante a madrugada e que não se lembra de como o fogo começou. A mulher foi interrogada na unidade de saúde e contou que estava deitada na cama, quando por volta das 4h45 da madrugada deste sábado (9), o companheiro entrou no quarto e jogou álcool no corpo dela. Em seguida, ele ateou fogo e o crime teria ocorrido por causa de ciúmes. Ele foi preso em flagrante.

Jornal Midiamax