Mulher esfaqueia marido nas costas e diz que é porque estava cansada de apanhar

Homem foi socorrido e levado para o hospital

“Estava cansada de apanhar”, essa foi a explicação que uma mulher de 36 anos deu para policiais da cidade de Ponta Porã a 346 quilômetros de Campo Grande depois de esfaquear o marido de 47 anos, na noite deste domingo (2).

A polícia foi chamada por volta das 19 horas deste domingo (2) depois de serem informados que havia uma pessoa ferida por arma branca, mas quando chegaram no endereço o homem já havia sido socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e elevado a uma unidade de saúde.

A esposa de vítima contou que o casal havia começado uma briga e que o homem a agrediu e para se defender teria pegado uma faca de cozinha e desferido um golpe nas costas e braço do companheiro, que saiu correndo pelas ruas pedindo ajuda.

Ela foi atrás, mas não conseguiu encontrar o homem e jogou fora a faca usada no crime. Não há informações se o homem corre risco de morte. A autora foi levada para a delegacia para prestar esclarecimentos e pediu medidas protetivas contra o marido.

Dados

Dados da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) são de que de janeiro até agosto deste ano já foram registrados no Estado 3.009 casos de violência doméstica. Na Capital os dados apontam 788 casos registrados.

Mulher esfaqueia marido nas costas e diz que é porque estava cansada de apanhar
Mais notícias