Mulher é assassinada a tiros pelo padrasto após discussão e amiga fica ferida

Ele foi agredido por testemunhas e ficou em estado grave

Margareth de Jesus Fernandes, 35 anos, é a 7ª vítima do feminicídio em Campo Grande. Ela foi assassinada a tiros na madrugada deste sábado (15), após discutir com o padrasto Ademir Ferreira Lima, 50 anos, no Loteamento Vespasiano Martins. Uma amiga também foi atingida por disparos e está no hospital.

Segundo as informações da polícia, Margareth e o padrasto tiveram uma discussão, quando ele atirou contra a vítima, que morreu no local. Além disso, a amiga dela, de 33 anos, também foi atingida por disparos e socorrida até a Santa Casa de Campo Grande, onde está sob observação.

Já o autor do crime foi agredido por populares e ficou em estado grave, também sendo levado até a Santa Casa de Campo Grande. Assim, ele foi preso em flagrante e permanece internado sob escolta policial. A princípio não foram identificados os autores da agressão.

Com isso, o caso é tratado como tentativa de homicídio e feminicídio. O registro foi feito na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol.

Mulher é assassinada a tiros pelo padrasto após discussão e amiga fica ferida
Mais notícias