Motorista que deixou rapaz em estado grave em acidente viajou 130km após beber

Ele ainda disse que a vítima invadiu a pista contrária

Em depoimento, motorista de 40 anos que se envolveu em acidente grave na noite de terça-feira (14) no Jardim Seminário tentou desmentir os fatos. Ele foi acusado de invadir a pista contrária, colidir frontalmente com uma moto e deixar a vítima de 25 anos em estado grave.

Ainda segundo o relato do motorista, ele trabalha viajando, fazendo manutenção de equipamentos em fazendas. Assim, na terça-feira teria feito várias e chegou a tomar durante o almoço, em Campo Grande, seguindo em seguida até Camapuã.

Depois de terminar o serviço, voltou para a Capital, quando aconteceu o acidente. Para a polícia, o motorista invadiu a pista contrária com a Fiat Strada, atingindo a motocicleta Honda 160 frontalmente. Já no relato do condutor, o motociclista teria invadido a pista dele quando fazia uma ultrapassagem.

Mesmo assim, o motorista foi preso pela lesão corporal culposa e por dirigir embriagado. Ele passa por na manhã desta quinta-feira (16).

Motociclista em estado grave

Socorrido e levado para a Santa Casa de Campo Grande em estado gravíssimo, o motociclista permanece internado no CTI (Centro de Terapia Intensiva). Segundo a assessoria do hospital, o rapaz deu entrada com traumatismo cranioencefálico grave, lesão no rosto e fratura na perna esquerda.

Com isso, foi feito procedimento cirúrgico pela ortopedia e também plástica por conta do ferimento extenso no rosto e as fraturas na tíbia e fíbula esquerda. Até o momento ele segue estável, mas respira com aparelhos e está sedado.

Motorista que deixou rapaz em estado grave em acidente viajou 130km após beber
Mais notícias