Motorista que atropelou Venezuelano continua internado em Dourados

Venezuelano que estava indo para o trabalho de bicicleta,  morreu no local

Josivan Carlos da Silva, de 34 anos, que na noite deste domingo (5) atropelou o venezuelano Raynel José Cedeno Irigoyen, também de 34 anos, que morreu no local, continua em estado gravíssimo no em Dourados. O acidente aconteceu no prolongamento da avenida Marcelino Pires, que dá acesso para a na saída para Campo Grande.

O venezuelano estava indo, de , para o onde trabalha, quando  quando foi atingido por um veículo Citroën C3 preto, com placas de Dourados. Com o o impacto, o motorista perdeu o controle e bateu em uma árvore na beira da estrada.

Após bater na árvore o carro pegou fogo. Os bombeiros conseguiram controlar as chamas do Citroën e o condutor foi tirado do interior do carro por motoristas que passavam pelo prolongamento da Marcelino Pires, evitando que ele fosse atingido pelas chamas que consumiam a parte da frente do carro.

Josivan foi retirado do interior do carro por motoristas que passavam pelo prolongamento da Marcelino Pires, evitando que ele fosse atingido pelas chamas que consumiu todo o veículo.

Motorista que atropelou Venezuelano continua internado em Dourados
Mais notícias