Motorista embriagado é preso com CNH vencida há 6 anos

Neste último final de semana, a Guarda Municipal flagrou casos de motoristas embriagados em Dourados, cidade a 220 quilômetros de Campo Grande.

Segundo a Guarda, um dos motoristas, ao soprar o etilômetro registrou 1,36 mg de álccol por litro de ar expirado e por estar com sua Carteira Nacional de Habilitação vencida a mais de 6 anos.

O fato ocorreu por volta das 21h de sábado (25). A GMD foi acionada para atender uma ocorrência de acidente de trânsito. Na averiguação o condutor de um veículo GM Corsa envolvido no acidente, estava com a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) vencida desde 2013 e apresentava visíveis sinais de embriagues, com a fala enrolada, não conseguia permanecer em pé e apresentava forte odor etílico.

Segundo o outro condutor envolvido no acidente, o acusado atravessou o sinal vermelho, transitando pela contra mão de direção nos cruzamentos das Ruas Azis Raslem e Antônio Emílio de Figueiredo e colidiu com seu veículo.

O motorista embriagado confirmou aos GMs, que tinha bebido cerveja durante todo o dia. Ao realizar o teste do bafômetro foi constatado 1,36 mg de álcool por litro de ar expirado, valor este que contraria o disposto no CTB (Código de Trânsito Brasileiro), configurando crime de trânsito.

Diante a situação, o motorista bêbado foi encaminhado para a DEPAC (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário.

No domingo (26), por volta das 1h48min após atender solicitação de perturbação de sossego na região central de Dourados um motociclista bateu na traseira de um veículo GM Vectra. Após discussão devido ao acidente, o motociclista ameaçou o condutor do outro carro. Os GMs foram acionados e convidaram o motociclista para realizar o teste do bafômetro, que confirmou a embriagues com valor verificado de 0,67 mg/l configurando crime de trânsito.

Na madrugada de sábado (25), equipe da Guarda Municipal fazendo rondas pela área central se deparou com um indivíduo conduzindo um veículo com o som em altura elevada. Durante os procedimentos após soprar o Bafômetro foi constatado 0,98 mg de álccol por litro de ar expirado, indicando a embriaguez. O condutor foi encaminhado a DEPAC para os procedimentos cabíveis.

E por volta das 5h uma guarnição da GMD observou um veículo que transitava na contra mão de direção próximo ao CEPER do 1º Plano e ao ser abordado o condutor disse não possuir CNH. Também realizou o teste do Bafômetro que registrou 0,63 mg/l, sendo encaminhado a Delegacia de Polícia.

Todos os condutores poderão responder pelo crime de conduzir veículo com a capacidade psicomotora alterada, conforme artigo 306 do CTB, podendo a pena de detenção variar de seis meses a três anos e multa

Vale ressaltar que somente no ano de 2019 a Guarda Municipal de Dourados prendeu 155 condutores embriagados.

O Diretor Operacional da Guarda Municipal de Dourados Subinspetor Sérgio Mondadori disse que: “o trabalho de fiscalização de trânsito continuará nas vias públicas. O que observamos é mesmo com a lei mais rigorosa e a notificação de trânsito que hoje é de R$ 2.934,70, os motoristas continuam desrespeitando a lei e colocando em risco a vida de terceiros e a própria em casos de acidentes de trânsito.

Mais notícias