Motorista é feito refém, fica sob mira de arma e tem guincho roubado

Veículo seria entregue no MS e suspeito do crime foi preso no Paraná

Suspeito de participar do sequestro de um motorista de caminhão guincho foi preso pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) nesta quarta-feira, na BR-163, em Toledo (PR). O veículo seria entregue em Mundo Novo, município sul-mato-grossense localizado na fronteira com o Paraguai e na divisa com o Paraná, a 462 quilômetros de Campo Grande.

Segundo nota, a vítima, de 49 anos, havia recebido uma falsa chamada para serviço de reboque, nas proximidades de um posto de combustíveis. Após chegar ao local combinado e receber voz de assalto, foi levada por três homens armados até uma plantação de milho.

Lá, os bandidos amarraram o homem, que, de joelhos, sofreu uma série de ameaças, com o cano de uma arma encostado na sua cabeça. O gatilho chegou a ser acionado, mas não houve disparo. Os policiais rodoviários federais encontraram a vítima do crime com escoriações pelo corpo e abalada emocionalmente. 

Descalço e com as mãos amarradas com cadarços, ele ficou com uma camiseta em torno de sua cabeça enquanto esteve em poder do grupo criminoso. O preso, que tem 33 anos, disse que levaria o guincho para Mundo Novo.

Mais notícias