Motorista de aplicativo preso com cocaína avaliada em R$ 267 mil havia deixado cadeia há 10 meses

Cumpriu pena pelo crime de tráfico de drogas

O motorista de aplicativo preso durante a madrugada de quinta-feira (26), em Campo Grande, no , com cocaína avaliada em R$ 267 mil, havia deixado a prisão em janeiro deste ano. A droga estava escondida em forros do carro do autor.

Ele passa por audiência de custódia nesta sexta-feira (27) onde deve ou não ser determinada a sua prisão preventiva. Em depoimento, o motorista disse apenas que já tem passagens pelo crime de tráfico de drogas e que havia deixado a prisão em janeiro deste ano. Não foi revelado por ele onde teria adquirido a cocaína e nem para onde estava sendo levada.

A prisão aconteceu por volta das 2 horas da madrugada desta quinta (26), quando os policiais faziam o patrulhamento pela avenida Consul Assaf Trad, e receberam a informação de que um veículo de motorista de aplicativo estaria transportando drogas no interior do banco do passageiro. Com as características do carro, os policiais foram na busca do autor.

Ao chegar na residência foi feito contato com o autor e durante a vistoria no veículo foram localizados 12 tabletes de pasta base de cocaína escondidas no forro do banco do motorista e do passageiro. Ainda foram encontrados mais 14 tabletes no forro do banco traseiro do veículo e o valor de R$ 2,707 no console do veículo.

Ao ser questionado sobre a origem da droga o autor relatou não saber a procedência. Ele foi levado para a delegacia e a droga avaliada em mais de R$ 267 mil apreendida.

Motorista de aplicativo preso com cocaína avaliada em R$ 267 mil havia deixado cadeia há 10 meses
Mais notícias