Motorista de aplicativo é detido em MS levando 10 galos de briga para a Bolívia

Ele foi conduzido à Delegacia e deve responder por crime ambiental de maus-tratos

Um , 45 anos, foi detido na noite desta terça-feira (14) em Miranda, distante 203 quilômetros de Campo Grande, transportando 10 galos de briga da espécie galo-índio para participar de uma rinha em Santa Cruz de La Sierra, na .

O motorista é residente em São Paulo e foi abordado pela (Polícia Rodoviária Federal). Os galos estavam em caixas de papelão no veículo Fiat Siena e foram levados para a PMA (Polícia Militar) em Miranda.

Conforme a PMA, os galos tiveram as esporas removidas o que caracteriza crime de maus-tratos, apesar de as aves não estarem em ato de rinha, visto que o campeonato seria em outro país, conforme banner publicitário encontrado no veículo.

As caixas onde os galos estavam diminuíam a circulação aérea para os animais, situação agravada pelo fato de estarem no porta-malas do veículo.

Segundo o infrator, o frete foi pego na cidade de São Paulo e em Corumbá ele entregaria os galos para outra pessoa que levaria até a .

O veículo e as aves foram apreendidos e o infrator conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Miranda onde o caso será investigado para identificar o dono dos galos.

Ele foi multado em R$ 5 mil e responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais. Se condenado, poderá pegar pena de três meses a um ano de detenção.

Além de ser julgado em processo administrativo pelo (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul).

Motorista de aplicativo é detido em MS levando 10 galos de briga para a Bolívia
Mais notícias