Morto em troca de tiros com policiais do Bope em MS era foragido de Mato Grosso

Homem atirou contra policiais, que revidaram e ele foi atingido

Marcos Diego Campos Araújo, 26 anos, que morreu após ser atingido em uma troca de s com policiais do Bope (Batalhão de Operação Especiais), era foragido da Justiça de Mato Grosso. O caso aconteceu na noite desta segunda-feira (1º), quando o Bope realizava rondas na cidade de Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande.

Conforme levantado pela reportagem do Jornal Midiamax, Marcos Diego Campos Araújo é natural de Rondonópolis, com diversas passagens pelo estado de Mato Grosso. Contra ele há um mandado de prisão em aberto em uma condenação de 12 anos. Marcos chegou a ser levado para uma unidade de saúde após ser atingido por três s, mas não resistiu.

Policiais faziam rondas por volta das 23 horas desta segunda-feira (1º) em uma região da cidade de Sidrolândia conhecida pela venda de drogas, quando um homem em atitude suspeita teria sacado um revólver e atirado contra os policias ao perceber que seria abordado. Os policiais revidaram e atiraram contra o autor que foi atingido por três disparos no peito. Marcos tinha uma tatuagem de palhaço na perna.

Morto em troca de tiros com policiais do Bope em MS era foragido de Mato Grosso
Mais notícias