Morto em troca de tiros com o Bope participou de assalto à casa de ex-prefeito

Troca de tiros aconteceu em uma região de venda de drogas

Marcos Diego Campos Araújo de 26 anos morto em uma com iais do Bope (Batalhão de Operação Especiais), na noite desta segunda-feira (1º) em Sidrolândia a 70 quilômetros de Campo Grande tinha várias passagens pela polícia.

Marcos que acabou morto depois de ser ferido com três tiros no peito havia participado de um assalto à casa do ex-prefeito Gilmar Domingos Mocellin, no Mato Grosso. O crime aconteceu em março de 2013 e na época ninguém foi preso, segundo o apurado pelo site Sidrolândia News.

Um adolescente de 17 anos teria participado do assalto junto de Marcos em 2013. O assalto teria sido comandado de dentro da penitenciária de Cuiabá. Ele tinha passagens por roubo, formação de quadrilha e receptação.

Na noite desta segunda (1º), iais faziam rondas por volta das 23 horas quando um homem em atitude suspeita teria sacado um revólver e atirado contra os ias ao perceber que seria abordado. Os iais revidaram e atiraram contra Marcos que foi atingido por três disparos no peito. Ele chegou a ser socorrido e levado para uma unidade de saúde, mas não resistiu e morreu.

Morto em troca de tiros com o Bope participou de assalto à casa de ex-prefeito
Mais notícias