Morta na fronteira tem nome de mulher que já havia sido assassinada

Corpo foi encontrado na tarde de sexta-feira

A Polícia Civil de Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, investiga as circunstâncias do homicídio de uma mulher que teve o corpo encontrado na tarde de sexta-feira (15), em um terreno na região do Jardim Ivone. 

Testemunhas relataram informalmente que a vítima se tratava de Marilene Rocha Duarte. No entanto, ao verificaram o nome dela no sistema, os policiais constaram que era a mesma identidade de uma outra mulher que já havia sido morta.

Por este motivo, o corpo foi recolhido encaminhado para exames periciais. conforme noticiado, a mulher de traços indígenas tinha vários sinais de violência pelo corpo, inclusive perfuração no pescoço,  e estava sem camisa. Equipe da Polícia Civil e da perícia estiveram no local colhendo informações que possam auxiliar no esclarecimento dos fatos.

Morta na fronteira tem nome de mulher que já havia sido assassinada
Mais notícias