Morador fica só com as roupas do corpo após ex incendiar casa em Campo Grande

Ela acabou presa em flagrante e o ameaçou de morte

No último sábado (8), mulher de 28 anos foi presa em flagrante por incendiar a casa do ex-marido, de 54 anos, no Danúbio Azul. Eles foram casados por 5 anos e segundo o homem, já tinha sofrido várias ameaças de morte por parte da mulher.

Segundo relato do homem, ele estava em casa na manhã de sábado quando a mulher apareceu, por volta das 8 horas e o ameaçou com uma faca. Horas depois, já ao meio-dia, ela voltou ao local, invadiu, colocou um colchão na sala e vários outros pertences da vítima e ateou fogo.

O incêndio se espalhou pela residência e destruiu praticamente todo o imóvel, além de todos os pertences do morador. Ele relatou à polícia que só ficou com as roupas do corpo. Além disso, o homem contou que foi casado por 5 anos com a mulher, tem uma filha de 4 anos com ela e eles se separaram há 4 meses, quando ela foi morar com o ex-marido.

O autor não disse o que poderia ter motivado o crime e também revelou que já foi ameaçado de morte enquanto era casado com a mulher. Ela foi presa em flagrante e novamente o ameaçou, dizendo que poderia ser presa, mas o mataria depois. Ela não quis falar à polícia e disse que só prestaria depoimento ao juiz.

O caso é tratado como ameaça e incêndio e o delegado que atendeu ao caso não arbitrou fiança, uma vez que as penas dos crimes imputados à autora ultrapassaram 4 anos.

Mais notícias