Membros do PCC são presos e polícia descobre ‘chefe’ dentro de presídio em MS

Seis integrantes da facção criminosa foram presos

Seis membros da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) foram presos nesta quarta-feira (12), em Angélica a 323 quilômetros de Campo Grande, após investigações feitas pela Polícia Civil. Ordens eram dadas de dentro de presídio de Segurança Máxima de Campo Grande.

Com a descoberta da célula da facção criminosa, os policiais cumpriram mandados na cidade e seis membros do PCC acabaram presos. Eles eram responsáveis por vários crimes na região como tráfico de drogas, homicídios. Desde de dezembro de 2019 foram três assassinatos cometidos pelos integrantes da facção. A operação que acabou na prisão foi comandada elo delegado Valter Guelssi.

Segundo o site Jornal da Nova, as ordens aos membros da facção criminosa eram dadas por um detento que está preso na Penitenciária de Segurança Máxima de Campo Grande. Foi cumprido um mandado dentro do estabelecimento penal. O nome do ‘chefe’ da célula criminosa não foi revelado.

Membros do PCC são presos e polícia descobre 'chefe' dentro de presídio em MS
Mais notícias