Membro do Clã Rotela é esfaqueado em presidio e 6 presos do PCC são transferidos

Mais de 80 armas artesanais foram apreendidas no presídio

Um membro do Clã Rotela foi esfaqueado, neste domingo (2) dentro do presídio de Tacambú, no Paraguai na fronteira com o Brasil. Ele foi socorrido e levado para atendimento médico.

O detento foi identificado como Catalino Figueiredo Cristaldo de 32 anos. Ele foi ferido com uma facada na perna por outro preso não identificado. Após o ataque foi confirmado que quatro membros do Clã foram transferidos, segundo o site ABC Color.

Também foram transferidos, oito membros da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). Durante o pente-fino feito na penitenciária foram encontradas mais de 80 armas artesanais como lanças, serras, martelos, facas e celulares.

Em junho de 2019 aconteceu um massacre no presídio do estado de San Pedro, no Paraguai, a 254 quilômetros de Paranhos em Mato Grosso do Sul, que acabou com 10 presos mortos decapitados e carbonizados entre uma guerra d PCC e Clã Rotela.

Fuga em massa

Em janeiro deste ano, uma fuga em massa de 75 membros do PCC aconteceu em Pedro Juan Caballero no Paraguai. Eles teriam fugido através de um túnel escavado de dentro da unidade até o lado de fora. Mais de 70 metros escavados, mais de 200 sacos de areia deixados em uma das celas da penitenciária e o fator mais questionado foi se nenhum agente penitenciário viu a fuga ou mesmo a escavação ou sequer suspeitou.

 

Mais notícias