Mecânico foi puxado de carro e executado a tiros na frente da esposa na fronteira

O mecânico Francisco Ramão Lopes de 47 anos foi executado em frente da esposa na noite desta terça-feira (12) em Ponta Porã, cidade a 299 quilômetros de Campo Grande. De acordo com a polícia, a princípio, havia suspeita de latrocínio, mas como nada foi roubado, tudo indica que se trata de .

Os dois autores estavam em um VW Gol, momento em que fecharam o veículo Toyota Noah conduzido pela esposa de Francisco. Segundo informações, a mulher e o marido seguiam no veículo pela Rua Coronel Santana no Jardim Primor, publicou o site Ponta Porã News.

Ao fecharem o carro onde estava a vítima junto com a esposa, um dos pistoleiros desceu com uma pistola e disse “perdeu, perdeu”. Em seguida, puxou o mecânico do carro e atirou contra a vítima. Com Francisco caído e ferido, o criminoso atirou mais duas vezes contra a cabeça dele. A dupla fugiu logo após o crime. A Polícia Civil da cidade investiga o caso e a Polícia Militar faz diligências.

Mecânico foi puxado de carro e executado a tiros na frente da esposa na fronteira
Mais notícias