Marido ameaça comprar arma para matar mulher e a deixa trancada em casa

Vítima conseguiu procurar a polícia com ajuda de um familiar

Na tarde de segunda-feira (6), mulher de 24 anos procurou a polícia para denunciar o marido, suspeito de a agredir e ameaçar e ainda manter a vítima trancada em casa. Ela teria arrumado as malas para ir embora no último domingo, quando aconteceram as últimas agressões.

Segundo relato da vítima, ela convive com o marido há aproximadamente 10 anos e já registou boletins de ocorrência contra ele. Mesmo assim, seguiu o relacionamento e também esteve separada dele por um ano, mas reatou há dois anos.

No último dia 12, dia dos namorados, a vítima estava em casa quando o marido chegou embriagado e sob efeito de drogas e começou a dar socos na mulher. Em seguida, pegou uma faca de açougue e atingiu a vítima no braço, quando ela pegou a filha e saiu da casa.

Após algum tempo ela voltou e o marido não estava mais no local. Desde este dia, eles não se falavam mais, porém no domingo a vítima chamou um familiar para ajudar a tirar os pertences da casa. No entanto, foi ameaçada pelo homem, que dizia que compraria um revólver para matar a vítima.

Por fim, a mulher chegou a dizer que demorou para fazer o boletim de ocorrência porque foi mantida trancada na casa pelo suspeito. O caso é tratado como lesão corporal e ameaça, qualificados por violência doméstica.

Marido ameaça comprar arma para matar mulher e a deixa trancada em casa
Mais notícias