Mandou, chegou: falso carro dos Correios sai de MS com mais de 500 quilos de skunk

Droga no furgão só foi apreendida em Santa Catarina

Um homem foi preso na última sexta-feira (13), depois de sair de Dourados, cidade a 225 quilômetros de Campo Grande, com mais de 500 quilos de skunk. Ele levava a droga em um furgão adesivado, como se fosse um veículo de entregas do Sedex, dos Correios.

Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), foi feita abordagem ao Fiat Doblô amarelo, com adesivos dos correios, na BR-101 em Itajaí (SC). A suspeita aconteceu após os policiais verem o veículo circulando durante a madrugada.

O motorista estava uniformizado e com crachá dos Correios, mas no compartimento de carga os policiais encontraram os 550 quilos de skunk, a ‘supermaconha’. No porta-luvas do veículo ainda foi encontrado um rádio comunicador ligado. O homem de 43 anos foi detido em flagrante e confessou o crime.

Mandou, chegou: falso carro dos Correios sai de MS com mais de 500 quilos de skunk
(Foto: PRF)

Ele contou que levava a droga de Dourados e entregaria em Florianópolis (SC). Ele ainda disse que adesivou o Doblô como se fosse do Sedex e instalou placas falsas de um veículo dos Correios registrado em Curitiba (PR), na tentativa de despistar os policiais.

O homem já tem passagens por receptação, uso de documento falso e formação de quadrilha. Ele foi levado à Delegacia de Polícia de Itajaí, onde vai responder por tráfico de drogas e adulteração de sinal de veículo automotor.

Mandou, chegou: falso carro dos Correios sai de MS com mais de 500 quilos de skunk
Mais notícias