Líder de facção criminosa que matou catador a tiros acaba preso com mais dois em MS

Adolescente de 15 anos teria assumido homicídio, mas polícia descobriu a mentira

Depois de investigações da polícia de Sidrolândia a 70 quilômetros de Campo Grande junto com equipes do (Setor de Investigações Gerais) foram presos nesta segunda-feira (23), os autores do assassinato do catador de recicláveis Ivaldo Pereira Rocha Júni0rl, que aconteceu no dia 11 de outubro.

Um adolescente de 15 anhos havia se entregado a polícia no dia 22 de outubro assumindo a autoria do assassinato, mas a polícia após investigações descobriu quem seria o mandante e executor do crime. Foram presos nesta segunda (23) um homem conhecido como ‘Nenê’ líder de uma facção criminosa na cidade e seu comparsa de 33 anos. Eles não tiveram os nomes revelados.

Ainda segundo o site Sidrolândia News, o adolescente que assumiu o crime tentava dificultar as investigações e livrar os verdadeiros autores do assassinato de uma prisão. ‘Nenê’ teria sido o autor dos disparos.

Quando da prisão dos membros da facção criminosa foram encontrados na casa de ‘Nenê’, o valor de R$ 11.139 além de uma arma e munições.

Líder de facção criminosa que matou catador a tiros acaba preso com mais dois em MS
Mais notícias