Liberados do presídio por causa do coronavírus são presos com moto furtada em casa

Eles deveriam permanecer em regime de prisão domiciliar

Na manhã de sábado (29), dois homens foram presos em flagrante no Jardim Monumento por furto. Eles tiveram benefício de regime domiciliar concedido pelo Judiciário no dia 25 de março, após pedido da Defensoria Pública para prevenção do contágio ao coronavírus.

Segundo as informações do Batalhão de Choque, equipes tinham relato do furto da Sundown Web vermelha na frente da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Universitário, ocorrida na manhã de sábado. Em patrulhamento, os militares encontraram o veículo no quintal de uma casa no Jardim Monumento.

Os dois suspeitos estavam perto do veículo e acabaram detidos em flagrante, sendo constatado que eram os autores do furto. Um deles era responsável pela residência e conforme apurado pelo Midiamax, os dois receberam alvará de soltura no dia 25, após decisão positiva dada pelo Judiciário em pedido de regime domiciliar.

A Defensoria Pública analisa e faz pedidos de liberdade provisória para aqueles presos que estão cumprindo pena por crimes sem violência, para evitar contágio pelo coronavírus. Porém, na decisão os suspeitos deveriam permanecer em regime domiciliar, sem sair de casa por pelo menos 15 dias. Os dois estavam detidos no PTran (Presídio de Trânsito) e devem ser reencaminhados ao presídio.

Liberados do presídio por causa do coronavírus são presos com moto furtada em casa
Mais notícias