Lenhador preso por estuprar mulher diz que short caiu sozinho e nega crime

Vítima foi encontrada por populares ensanguentada e sem as roupas de baixo

Um lenhador de 39 anos foi preso neste fim de semana, no bairro Parque dos Novos Estados, em Campo Grande após estuprar uma mulher. A vítima ainda foi agredida com socos no rosto pelo suspeito, que foi levado para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).

O crime aconteceu por volta das 7h30 da manhã de sábado (25), quando a mulher que caminhava pela rua foi abordada pelo lenhador, sendo jogada no meio do matagal. O autor passou a agredi-la com socos no rosto e arrancou as roupas da vítima, que passou a gritar por socorro.

Uma moradora que estava a caminho da casa da mãe ouviu os gritos de socorro, e ao se aproximar do matagal flagrou o homem sem as roupas de baixo levantando o short e fugindo em seguida. A mulher estava bastante machucada e assustada e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada para uma unidade de saúde.

Populares correram atrás do homem, que depois foi encontrado pela polícia em um bar nas proximidades, na companhia de um de seus irmãos. Ele foi levado para a delegacia e em depoimento negou o estupro dizendo, que havia empurrado a mulher para o meio do matagal para roubá-la e que seu short havia caído do corpo, negando o crime.

Ele ainda disse que é usuário de drogas e que desde a noite anterior estava fazendo uso de entorpecentes. O suspeito passa por audiência de custódia, nesta segunda-feira (27), quando deve ser determinada ou não a sua prisão preventiva.

Mais notícias