Laudos ficam prontos e descartam estupro em execução de casal com tiros na cabeça

Mulher foi encontrada com short abaixado

Os laudos necroscópicos do casal, Eberson Padilha Conceição, 32 anos e Eliane Pereira dos Santos de 29 anos, encontrados mortos em uma estrada vicinal na , nas proximidades da Chácara Agrícola da Uniderp, em Campo Grande, no dia 5 de setembro ficaram prontos.

Segundo o delegado que está à frente do caso, Nilson Friederchi, da 4º Delegacia de Polícia, os laudos necroscópicos já ficaram prontos e não indica que Eliane foi estuprada. Ainda segundo o delegado ainda não ficaram prontos os laudos do local do crime.

A polícia ainda está atrás dos assassinos do casal. Nenhuma linha de investigação é descartada como tráfico de drogas, acerto de contas ou facção criminosa. Ainda segundo Nilson, a família das vítimas já foi ouvida.

O casal foi encontrado em estrada vicinal da MS-040, e já estavam no local havia cerca de 8 horas. Foi encontrada uma porção de drogas junto ao corpo da mulher. A perícia constatou que Eberson foi assassinado com um tiro na nuca e a mulher, com um tiro na nuca e também tinha ferimento no braço esquerdo.

Emerson tinha diversas passagens pela polícia como roubo, já havia sofrido uma tentativa de homicídio. Já Eliane tinha passagem por agressão, ameaça, roubo, perturbação e vias de fatos.

Laudos ficam prontos e descartam estupro em execução de casal com tiros na cabeça
Mais notícias