Justiça decreta prisão preventiva de ex-empregada que furtou R$ 116 mil no Damha

Parte das joias mulher vendeu a um ourives na região central de Campo Grande

A Justiça decretou nesta terça-feira (15), em audiência de custódia a prisão preventiva da mulher que invadiu a casa da ex-patroa no residencial de luxo Damha III e furtou R$ 116 mil em . Parte das havia sido vendida a um ourives, na região central da cidade.

Ela foi presa nesta segunda-feira (14) depois que a moradora voltou de viagem e descobriu que sua casa havia sido invadida, quando estava fora, sendo que om invasor chegou a desligar o padrão de energia para que não fosse flagrado pelas câmeras de segurança da casa, que estava com a porta apenas encostada. A autora estava de mudança para Santa Catarina.

A ex-empregada foi presa em casa por equipes da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos). Na mala furtada pela empregada estavam guardadas 21 joias, sendo 5 anéis avaliados em R$ 6 mil, 6 correntes de ouro avaliadas em R$ 10 mil, 10 pulseiras avaliadas em R$ 10 mil, além de 2 relógios Rolex avaliados em R$ 60 mil.

Também havia na mala outro relógio avaliado em R$ 30 mil e mais um outro da marca Bvgari avaliado em R$ 20 mil. Um total de R$ 116 mil. Segundo a vítima também havia dinheiro em espécie guardado, valor de R$ 2.770. A moradora contou que tinha demitido a autora em março deste ano, sendo que ela trabalhou por cerca de 5 meses na casa.

Mas, a autora teria arrumado outro emprego em uma residência no condomínio, e neste fim de semana após sair da casa de seus atuais patrões resolver invadir a casa da vítima, que não estava com a porta trancada, apenas encostada. A vítima disse que como mora em um condomínio com câmeras de segurança não tranca a sua porta.

Parte das joias foi vendida por R$ 5 mil a um ourives na região central da cidade. Já os relógios foram encontrados guardados na casa de uma amiga que não sabia sobre o furto.

(Matéria editada às 11:56 para acréscimo de informação)

Justiça decreta prisão preventiva de ex-empregada que furtou R$ 116 mil no Damha
Mais notícias