‘Mochila esbarrou?’ Justiça manda prender flagrado com calça aberta dentro do ônibus

Em depoimento, ele disse que a mochila ‘esbarrou’ na mulher

Foi decretada a prisão preventiva do auxiliar de padeiro de 23 anos, que detido nesta segunda-feira (3) depois de se esfregar em uma passageira e mostrar seu órgão genital. Ele negou o crime na delegacia e disse que sua mochila havia ‘esbarrado’ na mulher.

O auxiliar de padeiro passou por audiência de custódia nesta terça-feira (4), quando foi convertida a sua prisão em preventiva pela Justiça. Ele foi detido na tarde de segunda (2), no terminal do Aero Rancho, após mostrar o órgão genital e se esfregar em uma passageira.

A mulher relatou que pegou o ônibus da linha 080, por vota das 15h20 desta segunda (3). O ônibus estava lotado e ela contou que percebeu quando o auxiliar passou a cheirar seu pescoço e a se esfregar nela, quando se virou para pedir que parasse viu que o homem estava com o órgão genital para fora das calças.

A vítima começou a gritar por socorro e outros passageiros contiveram o auxiliar de padeiro, que foi agredido. Na delegacia, ele negou o crime dizendo que sua mochila havia ‘esbarrado’ na mulher. O homem já tem passagens por ato obsceno e exposição de fotos de adolescentes.

'Mochila esbarrou?' Justiça manda prender flagrado com calça aberta dentro do ônibus
Mais notícias