Ladrões de 19 e 20 anos mataram contador a facadas por reagir a roubo de carro

Eles estariam no carro com a vítima quando anunciaram o assalto

Presos pela morte de Aparecido Ferreira da Silva, de 49 anos, os jovens de 19 e 20 anos responderão pelo crime de latrocínio, roubo seguido de morte. A vítima estava desaparecida deste terça-feira (24) e o corpo foi encontrado na tarde de quinta-feira (26), em uma área rural na saída para Sidrolândia.

Conforme a DEH (Delegacia Especializada de Homicídios), que conduziu a investigação com apoio da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), o carro de Aparecido foi encontrado em uma oficina e os autores do crime presos em flagrante nas proximidades do Terminal Bandeirantes, em Campo Grande.

Segundo a polícia, os autores do crime estavam no carro com Aparecido quando anunciaram o assalto. A vítima teria reagido e sido morta a facadas. Na casa de um dos presos ainda foi encontrada porção de cocaína que também configurou o crime de tráfico de drogas.

A polícia representou pela prisão preventiva dos dois criminosos, que responderão por latrocínio, ocultação de cadáver e tráfico.

Ladrões de 19 e 20 anos mataram contador a facadas por reagir a roubo de carro
Mais notícias