Interno de presídio é esfaqueado por outros dois detentos

Foi socorrido e levado ao hospital

No domingo (26), interno do Presídio Máximo Romero, em Jardim, a 239 quilômetros de Campo Grande foi vítima de esfaqueamento por outros dois internos estabelecimento penal. Dois presos foram apontados como autores do crime.

Conforme o boletim de ocorrência, o agente responsável do dia no presídio relatou para a Polícia Militar que o interno, de 40 anos, tinha sido esfaqueado. Dois outros presos da unidade, que é de segurança média, foram apontados como autores do crime.

Os dois homens, de 24 e 27 anos, acabaram indiciados por lesão corporal dolosa, quando há intenção. O homem sofreu ferimentos no braço e no tórax e precisou ser levado ao hospital. Não há detalhes se a arma do crime foi localizada.

A princípio, o preso que foi lesionado tinha passagem em 2015 por apresentar uma documentação falsa à polícia e ser descoberto, já que tinha tatuado no braço o nome verdadeiro. O estado de saúde dele é estável.

*Matéria editada às 8h50 para correção e acréscimo de informações

Interno de presídio é esfaqueado por outros dois detentos
Mais notícias