Integrante de quadrilha que manteve casal refém durante assalto tem fiança de R$ 1 mil

Dois integrantes tiveram a prisão preventiva decretada

A Justiça arbitrou fiança para o pintor, que foi preso nesta quinta-feira (26), em Campo Grande após a invasão de uma casa e roubo a um casal, no Jardim Leblon. Dois integrantes da quadrilha tiveram a prisão preventiva decretada em audiência de custódia.

Elizeu Ramos teve fiança arbitrada em R$ 1.045 e teve a liberdade concedida. Já para var Johnny e Renato de Oliveira a Justiça decretou a prisão preventiva. Com eles estava o carro Hyundai Creta roubado da casa das vítimas. Os objetos levados foram distribuídos para dois receptadores, na vila Nhanhá e no bairro Guanandi.

Já para o outro receptador dos objetos furtados, Daniel Gonçalves de 61 anos não foi arbitrada fiança e deve ser decidido ainda nesta sexta-feira (27) pela sua prisão preventiva ou não.

Todos foram presos 1 hora depois do crime pela polícia, que acabou encontrando o carro roubado em frente a um motel, na região do bairro Leblon. O assalto aconteceu por volta das 23 horas desta quarta (25), quando o casal de 61 e 54 anos estava em casa e os bandidos invadiram pela porta da cozinha que estava aberta. Eles disseram que não matariam ninguém, mas que estavam atrás de joias e de armas. O casal foi trancado dentro do banheiro da residência.

Enquanto o casal estava trancado dentro do banheiro, os bandidos reviraram a casa e levaram o carro um Hyundai Creta, além de celulares, televisores, tênis, notebook, jaqueta, perfume, controle e alimentos. De acordo com a vítima, um dos bandidos era chamado pelos comparsas de ‘Neguinho’. Ele era magro, negro e tinha aproximadamente 1,60 de altura. Um dos bandidos acabou deixando na residência um tênis de cor azul, que estava calçando. Próxima a casa existem câmeras de segurança que podem ter gravado a ação dos ladrões.

Integrante de quadrilha que manteve casal refém durante assalto tem fiança de R$ 1 mil
Mais notícias