Idosa de 67 anos é agredida por quatro homens encapuzados na saída de bar

Ela acredita que foi confundida pelos suspeitos

Na madrugada deste sábado (6), família de uma idosa de 67 anos acionou a Polícia Militar em Anhanduí após ela ter sido agredida por desconhecidos. Ela estava com dores no corpo e relatou que foi espancada por quatro homens encapuzados na saída de um bar.

Segundo a Polícia Militar, a vítima estava consciente e orientada, mas com dores fortes nas costelas e nas pernas. Ela contou então que estava saindo de um bar perto da casa dela, no início da noite de sexta-feira (5), quando foi surpreendida por quatro homens encapuzados.

Os suspeitos agrediram a vítima e ela acredita que foi confundida, pois não tem brigas ou desavenças. O marido dela também estava na casa e os iais chegaram a questionar se não seria ele o agressor, mas ele negou, a vítima também negou e a filha relatou que apesar das brigas, nunca viu o padrasto agredir a mãe.

Por conta das dores, a idosa foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhada para o pronto-socorro. O caso foi registrado pela polícia na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol como lesão corporal dolosa, quando há intenção de ferir.

Idosa de 67 anos é agredida por quatro homens encapuzados na saída de bar
Mais notícias