Homem tenta matar namorada e diz que ela foi atingida por bala perdida

Suspeito até ajudou no socorro à vítima com familiares dela

Homem de 19 anos foi preso pela Polícia Civil na tarde desta terça-feira (18), em Brasilândia, por tentar matar a namorada, de 23 anos, com disparo. Ele chegou a ajudar no socorro da vítima, alegando que ela havia sido atingida por bala perdida.

Os fatos ocorreram no dia 8 de fevereiro, quando a jovem, ferida, precisou de atendimento médico. Na ocasião, familiares e o próprio autor alegaram que ela tinha sido baleada por acaso enquanto se deslocava de moto entre a casa do namorado e uma lanchonete.

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar os fatos e, diante das inconsistências da versão apresentada, aliadas a informações obtidas nas investigações apontando que o disparo teria ocorrido dentro da casa ele, representou à Justiça pela decretação da prisão temporária. O pedido foi acolhido pela Justiça.

Após a prisão, a Polícia Civil e uma equipe do Instituto de Criminalística fizeram uma perícia na casa encontrando vestígios de sangue em um dos banheiros, local onde teria ocorrido o disparo.  

O suspeito então mudou sua versão, alegando ter ocorrido um disparo acidental enquanto manuseava um revólver. Na sequência das investigações, deverão ser realizados novos exames periciais e novas diligências para tentar provar a veracidade da nova versão.

Ele permanece recolhido em uma das celas provisórias da delegacia. A Polícia Civil espera apreender a arma de fogo ainda nesta quarta-feira (19). O revólver teria sido escondido pelo homem. O inquérito policial deve ser concluído em 10 dias.

Homem tenta matar namorada e diz que ela foi atingida por bala perdida
Mais notícias