Homem que matou ex-mulher a golpes de machadinha é condenado a 29 anos de prisão

Acusado de matar a ex-mulher, Edinalva Ferreira Melgaço, com golpes de machadinha, José Claudio Neres de Melo foi condenado a 29 anos de prisão em Costa Rica nesta sexta-feira (23). José foi condenado por matar Edinalva a golpes de machadinha na Avenida José Ferreira da Costa no dia 17 de março de 2019.

O juiz Francisco Soliman não permitiu que o réu de recorresse em liberdade. De acordo com a acusação, o motivo do crime foi pelo fato de José não aceitar o fim do relacionamento. No dia do crime, Edinalva transitava de moto com o filho adolescente pela a avenida, quando na frente de uma pizzaria, foi atacada pelo autor.

Ele se aproximou em um automóvel Ford Ka e a atingiu, provocando a queda. Em seguida, ele desceu do carro e começou a atacá-la com a machadinha. Edinalva tentou se defender e correu para dentro da pizzaria, onde foi golpeada na cabeça até morrer.

Ele foi sentenciado por homicídio qualificado por motivo torpe, por questão de gênero, por meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima. “É notório que a conduta do réu revela extraordinária intensidade do dolo, considerando a colossal violência utilizada para o crime, a completa ausência de empatia e humanidade do acusado, as lesões físicas provocadas ao filho da vítima, as lesões físicas provocadas. E o contexto da violência de gênero pretérita ao fato, fatores estes que, associados e cotejados, exigem valoração da culpabilidade”, consta na decisão, publicou o site MS Todo Dia.

Homem que matou ex-mulher a golpes de machadinha é condenado a 29 anos de prisão
Mais notícias