Homem que agrediu mãe no Guanandi passa por audiência de custódia

Agressões teriam começado depois de discussão entre mãe e filho

O homem de 31 anos que teve um surto e agrediu a mãe de 53 anos, nesta terça-feira (14), no bairro Guanandi em Campo Grande passa por audiência de custódia nesta quarta-feira (15). Uma discussão entre vítima e autor teria dado início as agressões. Ele está preso na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).

De acordo com a delegada Ana Luíza Noriler, a mulher não quis pedir medidas protetivas contra o filho por acreditar que ele necessita de tratamento psicológico. Ainda de acordo com a delegada, a mãe não foi esfaqueada como dito anteriormente.

A vítima foi agredida com uma corrente e ao cair no chão acabou sofrendo um corte na cabeça. Ana Luíza ainda disse que não há informações de que na casa havia uma criança, filha do autor.

Dados fornecidos pela delegada são de que nestes primeiros 15 dias de janeiro, já foram registradas 323 ocorrências por vias de fato, lesão corporal e violência doméstica na especializada.

Mais notícias