Polícia

Homem morre esfaqueado ao defender o amigo e autor diz que ‘é menos um’

Na noite de sábado (25), Adriano da Silva Franco de 34 anos foi morto esfaqueado ao tentar defender um amigo em Inocência, cidade distante 329 quilômetros de Campo Grande. Ele não era morador na cidade, mas estava lá para passar o fim de semana com a namorada. Segundo informações do boletim de ocorrência, policiais foram […]

Renata Portela Publicado em 27/04/2020, às 11h07

O homem foi morto a facadas (Foto: Paranaíba Urgente)
O homem foi morto a facadas (Foto: Paranaíba Urgente) - O homem foi morto a facadas (Foto: Paranaíba Urgente)

Na noite de sábado (25), Adriano da Silva Franco de 34 anos foi morto esfaqueado ao tentar defender um amigo em Inocência, cidade distante 329 quilômetros de Campo Grande. Ele não era morador na cidade, mas estava lá para passar o fim de semana com a namorada.

Segundo informações do boletim de ocorrência, policiais foram até a casa onde o homem foi assassinado e fizeram buscas pelo autor do crime, um rapaz de 27 anos, que foi encontrado e preso em flagrante. Ele teria ido até a casa onde Adriano estava para matar um outro rapaz, que foi defendido pelo amigo.

Adriano acabou morrendo esfaqueado e o autor do crime não se abalou ao saber da morte e ainda disse aos policiais “Ah, menos um, tem problema não, quando eu sair eu mato ele”. Na delegacia ele ainda afirmou por várias vezes que mataria quem ele queria ter assassinado naquela noite.

O caso foi registrado na delegacia do município como homicídio qualificado por motivo fútil.

Jornal Midiamax