Polícia

Vizinho é denunciado por matar cachorros que atacaram galinhas e jogar animais em caçamba

Na manhã de segunda-feira (11), moradora em Aparecida do Taboado, cidade a 457 quilômetros de Campo Grande, procurou a polícia após descobrir que os cachorros que tinham fugido no sábado (9) foram mortos. O autor do crime, um funcionário da prefeitura, confessou e disse que matou porque os animais tinham atacado as galinhas dele. Segundo […]

Renata Portela Publicado em 12/05/2020, às 09h36 - Atualizado às 13h15

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Imagem ilustrativa

Na manhã de segunda-feira (11), moradora em Aparecida do Taboado, cidade a 457 quilômetros de Campo Grande, procurou a polícia após descobrir que os cachorros que tinham fugido no sábado (9) foram mortos. O autor do crime, um funcionário da prefeitura, confessou e disse que matou porque os animais tinham atacado as galinhas dele.

Segundo o registro da ocorrência, no sábado os cachorros da mulher de 24 anos fugiram e ela começou a procurar, mas não encontrava. Ela chegou a divulgar fotos, quando um conhecido contou que tinha visto dois cachorros mortos em uma caçamba na cidade. Além dos dois cachorros, havia 10 galinhas mortas também.

Polícia Militar foi acionada e os animais foram reconhecidos como os da vítima. A partir daí, o autor foi identificado como um homem de 46 anos. “Eu mato mesmo”, teria dito. Ele afirmou que matou os dois cachorros porque eles atacaram as galinhas que ele criava, que também acabaram morrendo.

O suspeito responderá por praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais domésticos, se ocorre morte do animal.

Jornal Midiamax