Homem esfaqueou criança de 11 anos após cobrança de dívida

Polícia investiga caso e trabalha com linha de legítima defesa para adolescente que tentou defender irmão de 11 anos

Um homem de 51 anos de idade esfaqueou uma criança de 11 anos após ser cobrado por uma dívida na noite deste domingo (19). Para defender o irmão, uma adolescente de 17 anos pegou a faca do suspeito e o esfaqueou. A Polícia Civil investiga o caso e trabalha com a linha de investigação de legítima defesa para a adolescente.

Conforme a polícia, o suspeito de 51 anos não teria gostado de ser cobrado pela criança, pegou uma faca e ameaçou ele e a irmã. Os dois entraram para dentro de casa, trancaram a porta e a jovem ligou para sua mãe contando o que estava acontecendo.

De acordo com o site Rio Brilhante em Tempo Real, quando a mulher – que está gestante de seis meses -, chegou na residência, o homem conseguiu entrar na casa e golpeou a criança nas costas. A adolescente, para defender o irmão e também a mãe, pegou uma cadeira e jogou contra o homem que caiu no chão. Ela conseguiu pegar a faca e começou a esfaqueá-lo nas costas.

A adolescente foi ouvida em liberada pela polícia. O delegado Guilherme Sariam afirmou que o caso, à princípio, caracteriza-se como legítima defesa. “Não pedi a apreensão dela, pois entendi que ela agiu em legítima defesa. Ainda temos que ouvir algumas pessoas que estavam na casa”, diz Sarian.

O homem de 51 anos continua internado no Hospital da Vida em Dourados, para onde foi transferido na noite de ontem (19) logo após receber os primeiros atendimentos em Rio Brilhante. Ele levou seis facadas nas costas. A criança foi atendida e liberada da unidade de saúde.

Mais notícias