Com arsenal de uso militar, homem abre fogo contra policiais do DOF e acaba morto

Confronto aconteceu na MS-463, em Dourados

Geovane Barros Crispim, de 24 anos,  foi morto na madrugada desta terça-feira (27) em Dourados após atirar contra agentes do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) ao descer de um veículo Uno na MS-463, próximo ao loteamento Jardim Bonanza.

Segundo informações do DOF, o homem parou no bloqueio e já desceu com uma pistola na mão atirando contra os policiais, que reagiram e acabaram atingido o condutor do veículo.

Com ele foram encontradas três armas longas de grosso calibre, sendo dois fuzis 762, uma espingarda 12 e uma pistola 9mm, de utilização exclusiva das forças armadas.

Segundo informações até agora apuradas o rapaz é natural de Dourados e tem passagens policiais por roubo com emprego de arma de fogo. Ele também é acusados por homicídio e porte de arma de fogo.

Além das aramas foram encontrados outros equipamentos como luneta de precisão, tripé, cinto de guarnição. Durante a barreira o homem ignorou a utilização de sinais sonoros emitidos pela viatura que estava no local.

“Tudo indica que essas armas equipamentos seriam utilizadas parta prática de crimes violentos. Esse tipo de armamento qualifica um tiro de maior precisão e de maior alcance e que poderia ser utilizado por organizações criminosas em algum lugar do Brasil”, explicou o comandante do DOF,  Coronel PM Wagner Ferreira da Silva.

Com arsenal de uso militar, homem abre fogo contra policiais do DOF e acaba morto
Mais notícias