Guerra de facções: membro do PCC esfaqueia integrante do Clã Rotela em presídio

Agentes penitenciários tiveram de usar balas de borracha para controlar a situação

A briga entre as duas facções (Primeiro Comando da Capital) e Clã Rotela teve mais um capítulo nesta quarta-feira (15) no Presídio Regional de Ciudad del Este, no . Um dos detentos foi esfaqueado e os agentes tiveram de usar balas de borracha para a contenção dos presos.

O esfaqueamento de Joel Benitez Galeano de 33 anos, que cumpre pena por homicídio doloso, aconteceu durante uma partida de futebol dentro da penitenciária. Jorge Julian Rotela Aquino de 26 anos foi acusado do crime, ele que cumpre pena por tentativa de sequestro, é da facção criminosa .

Para conter a briga entre os presos, agentes policiais tiveram de usar balas de borracha. Os dois foram levados para atendimento dentro de presídio e depois transferidos para o hospital da cidade, segundo o site ABC Color.

A guerra entre as duas facções já deixou vários mortos em presídios paraguaios. No dia 16 de junho de 2019, dez detentos foram mortos decapitados e carbonizados em um confronto entre PCC e Clã Rotela. Os mortos foram identificados como Derlis Silvia, Pedro Duarte, José Osorio, Roberto Morales, Roberto Presentado, Roque Ariel Lugo, Cristian Dominguez, Victor Olmedo, Derlis Sanches e Bruno Cuttier – que chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital.

O motim foi motivado por vingança, do rei do crack, Armando Rotela. A vingança teria sido arquitetada por Armando depois de membros do seu clã teriam sido assassinados por membros da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) e em resposta foi o motim teria sido organizado.

Guerra de facções: membro do PCC esfaqueia integrante do Clã Rotela em presídio
Mais notícias