Guardador de carros é encontrado ferido após levar pedrada na cabeça

Vítima disse que não conhecia o agressor, que alegava suposta dívida de drogas

Guardador de carros é encontrado ferido após levar pedrada na cabeça
Viaturas da PM e Corpo de Bombeiros durante atendimento. Foto: Marcos Ermínio/MIdiamax

Guardador de carros de 59 anos foi agredido com pedrada na cabeça na madrugada deste sábado (07), no centro de Campo Grande. O suspeito é um rapaz de aparentemente 19 anos, não identificado, que atacou a vítima de surpresa.

O homem, que veio da Bahia há três anos e mora nas ruas da Capital, disse que caminhava pelo cruzamento da Rua Maracaju com a Rua Rui Barbosa, por volta das 4 horas, quando o agressor lhe desferiu uma pedrada na cabeça.

A vítima relata que o autor cobrava suposta dívida de drogas, no entanto, alegou desconhecê-lo e afirmou que não deve nada a ninguém. Na manhã deste sábado (7), uma pessoa viu o guardador deitado, com ferimento na cabeça, e acionou o Corpo de Bombeiros, imaginando ser algo grave.

No entanto, ele recebeu um curativo e não quis ser transportado. Ele explicou ainda que sobrevive cuidando de carros e motos nas imediações da Rua Maracaju. A Polícia Militar foi acionada, mas não localizou o suspeito.

Guardador de carros é encontrado ferido após levar pedrada na cabeça
Mais notícias