Grupo é preso após tentar furtar vacas de fazenda para carnear em MS

Eles deram dois tiros em uma vaca, que fugiu ferida e não foi encontrada

Quatro homens foram presos, na noite do último sábado (21), após atirarem contra uma vaca para furtá-la, na região do Porto de Areia, nas margens do Rio Paraná, em Três Lagoas, distante 331 km de Campo Grande.  O grupo estava com uma arma de fogo de uso restrito e, após o flagra, confessaram aos policiais que estavam no local cometendo o crime de abigeato.

Segundo o boletim de ocorrência, a recebeu uma sobre disparos de arma de fogo naquela região. Os policiais fizeram várias abordagens até que avistaram um Gol e um Caravan, ambos de cor prata, em uma trilha próxima da BR-158.

Os quatro homens, de 21, 26, 34 e 48 anos, estavam ao lado dos veículos com facas na mão.  A polícia os revistou e foram localizadas três facas de tamanhos diversos, um facão e uma chaira – instrumentos usuais para a desossa de animais. Que foi feita varredura nos veículos onde foi localizada uma espingarda adaptada para o disparo de munição calibre .22, bem como 5 munições intactas do mesmo calibre.

Grupo é preso após tentar furtar vacas de fazenda para carnear em MS
Armas foram apreendidas. (Foto: Rádio Caçula).

Ao serem questionados, os autores disseram que estavam pescando no rio, no entanto confrontados com o material que possuíam no presente momento – facas de desossa, chaira, facão, espingarda e uma lona plástica – eles confessaram que iriam matar o gado que ficava pastando próximo da barraca do rio tendo e depois dividir a carne entre eles bem para consumir.

O homem de 48 anos assumiu que a espingarda e as munições eram dele e que, segundo o autor de 34, momentos antes da chegada da polícia, eles deram dois tiros em uma vaca, que fugiu, provavelmente ferida. Eles foram encaminhados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Três Lagoas.

Grupo é preso após tentar furtar vacas de fazenda para carnear em MS
Mais notícias