Garagem em bairro chique fecha e donos de carro de luxo denunciam golpe à polícia

Um dos denunciantes perdeu mais de R$ 100 mil

O sumiço de carros de luxo de uma garagem no bairro Chácara Cachoeira, em Campo Grande, fez com que os donos de veículos que estavam no estabelecimento procurassem a delegacia para denunciar um golpe. Um dos carros teria desaparecido ainda no dia 12 de março.

Uma das vítimas procurou a delegacia de Campo Grande, neste domingo (5) para registrar um boletim de ocorrência depois que o carro que estava negociando na garagem, uma camionete Toyota Hilux avaliada em R$ 101 mil teria desaparecido do local.

O homem contou que estava em negociação com a garagem desde o final de fevereiro, e que teria deixado a camionete no local para a venda, sendo que no dia 12 de março assinou um contrato e recebeu um cheque como caução ficando combinado que o valor de R$101 mil seria depositado na conta da vítima, que devolveria o cheque.

Mas, no mesmo dia 12 de março, o homem teria recebido em seu WhatsApp denúncias de que a garagem estava vazia, e que os carros haviam desaparecido e que a loja ainda tinha sido depredada. A vítima, então, ligou para o gerente da garagem que disse desconhecer o fato e que também havia levado um golpe, já que no local estavam três veículos para ele vender.

Outra vítima também procurou a delegacia depois de vender um veículo Nissan no valor de R$ 73 mil para a garagem e não receber o dinheiro. O proprietário do carro contou que um auditor da empresa teria ligado para ele afirmando, que o pagamento da venda do carro iria atrasar pelo fato da garagem estar passando por dificuldades financeiras. O acordo seria que a vítima receberia o dinheiro da negociação até o dia 15 de abril, mas no sábado (4) teria recebido vídeos em grupos de WhatsApp, de que a loja estava vazia e que até os aparelhos de ar-condicionado haviam sido retirados da garagem.

No fim de semana, a empresa publicou em sua página oficial do Instagram uma nota rebatendo acusações de golpe. “Tendo em vista dificuldades financeiras e econômicas que a empresa vem passando nos últimos anos, e agora com a questão da Covid-19, tornou-se inviável sua manutenção”, diz.

“Assim, conforme a legislação brasileira, informa a todos que em breve será disponibilizado um canal de atendimento para seus clientes”, finaliza. Entre os anúncios que ainda constam na página estão caminhonetes e carros acima de R$ 300 mil, dentre os quais um carro elétrico avaliado em R$ 800 mil.

Garagem em bairro chique fecha e donos de carro de luxo denunciam golpe à polícia
Mais notícias