Funcionário há dez anos, suspeito de atirar em ex-prefeito segue foragido

Equipe do DOF ajuda na cidade na procura do suspeito

O suspeito de atirar na cabeça do ex-prefeito de Amambai, Dirceu Lanzarini, que está em estado grave, era funcionário da propriedade rural há dez anos. As informações são do atual prefeito da cidade, Edinaldo Bandeira (PSDB).

Dirceu está sendo transferido para o Hospital do Coração, em Dourados. “Meu irmão está na ambulância e estou conversando com ele. Dirceu não morreu, as informações da morte são falsas”, disse Bandeira.

Ainda segundo o prefeito, o suspeito do crime continua foragido. “Pedi reforço de uma equipe do DOF para capturá-lo e impedir a fuga para o Paraguai. A Polícia Civil também está em diligências”.

Dirceu está sendo transportado em uma ambulância, a caminho de Dourados. A família tentou o transporte com helicóptero, mas a aeronave não chegaria a tempo e o transporte está sendo feito por ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

O crime aconteceu na propriedade rural do ex-prefeito, a 20 quilômetros da cidade. O genro de Dirceu também foi atingido com um tiro no pescoço, mas a princípio teria sido de raspão. Ele socorreu o ex-prefeito.

Mais notícias