Fuga de brasileira na fronteira teve ajuda da polícia paraguaia

Imagens mostram o momento em a brasileira foi colocada em um veículo com ajuda de uma policial

Para escapar do Hospital Regional de Pedro Juan Caballero na noite desta terça-feira, a brasileira Luzinei Diana Maciel contou com o apoio da própria polícia. É o que revela um vídeo que circula nas redes sociais.

As investigações sobre o caso que estava sendo considerado um resgate cinematográfico mostram que a fuga foi facilitada. Com base em imagens as autoridades conseguiram identificar as suboficiais  Juliana Josefina Ojeda e Narcisa Bareiro Franco. As duas já estão presas.

O comissário José Ayala, subchefe de Investigação Criminal da Polícia Nacional de Amambay, disse que as dois suboficiais que guardavam Luzinei Diana Maciel, resgatados esta terça-feira, caíram em várias contradições e por isso acabaram presas.

Entenda o caso

Luzinei Diana Maciel foi condenada nesta terça-feira (27) em um julgamento oral e público a sete anos de prisão por porte, tráfico e comercialização de maconha.

Após o julgamento oral, a mulher foi levada ao Hospital Regional Pedro Juan Caballero, por estar grávida, mas uma vez no local, três ou quatro pessoas armadas teriam chegado para resgatá-la, a bordo de uma van.

A mulher estava respondendo ao processo em liberdade e com a pena de sete anos teve que retornar ao Presídio Feminino.

O caso data de 2016, quando a mulher foi surpreendida em sua casa com mais de 1.000 quilos de maconha.

 

Fuga de brasileira na fronteira teve ajuda da polícia paraguaia
Mais notícias