Foragido, piloto de avião do PCC é preso na fronteira

Estava com mandado de prisão em aberto

Foi preso neste domingo (2), em Ponta Porã a 346 quilômetros de Campo Grande, Emerson da Silva Lima. Ele seria piloto da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). Emerson seria próximo do narcotraficante Sérgio de Arruda Quintiliano, o Minotauro.

Policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) receberam uma denúncia anônima de que em uma casa estava um foragido da Justiça. Quando os policiais chegaram ao local encontraram Emerson.

Ele foi detido e levado para a delegacia. Minotauro foi preso no dia 4 de fevereiro de 2019, em Balneário Camboriú, em Santa Catarina. Sérgio é suspeito de participar da execução do policial civil, Wescley Vasconcelos em março de 2018, depois de o investigador supostamente descobrir sua identidade, já que na fronteira, Minotauro usava o nome falso de Celso Mateus Espíndola.

Mais notícias